Sobre Campos do Jordão – Parte 2

Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que sim!

O post de hoje é a segunda parte do post sobre a minha viagem a Campos do Jordão. Com mais fotos e dicas de passeios. Vem conferir!

Parque Estadual de Campos do Jordão

Uma área de preservação ambiental e natural que ocupa 40% da área do Município! Pra quem gosta de estar em contato com a natureza e de aventuras, esse é o lugar perfeito. O Parque proporciona trilha de bike, arborismo, tirolesa e trilhas no meio da mata. Além de áreas para relaxar, fazer piqueniques e um ótimo restaurante! Vale a pena conhecer.

DSCN3350_Fotor

DSCN3339_Fotor

DSCN3351_Fotor

DSCN3355_Fotor

DSCN3361_Fotor

DSCN3362_Fotor


Pico do Itapeva

Com certeza uma das mais lindas vistas do estado! O cume com 2025 metros de altitude, está situado na verdade na cidade de Pindamonhangaba, que fica 35 metros da divisa com Campos do Jordão. O caminho até lá é uma subida pela serra, recheada de paisagens lindas! A vista é linda demais! Você não irá se arrepender.

DSCN3371_Fotor

DSCN3372_Fotor

DSCN3384_Fotor

DSCN3386_Fotor

DSCN3387_Fotor

*todas as fotos são de minha autoria!

Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado das fotos e das dicas! Posso dizer convictamente que Campos do Jordão é um lugar lindo para se visitar e um passeio que será inesquecível para você!

Até o próximo post! Beijos.

Maria.

Sobre Campos de Jordão – Parte 1

Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Espero que sim!

Já estamos no final das férias, e a partir de tudo o que me aconteceu durante esse mês de julho, posso dizer convicta que foi incrível. Passei por diversas experiências das quais nunca irei me esquecer. E no post de hoje trouxe uma delas, e das grandes!

Recentemente retornei de uma viagem que fiz a Campos do Jordão com meus padrinhos e primos. Nunca tinha ido, mas já havia ouvido falar sobre o lugar. Me surpreendi totalmente e recomendo muito como destino de viagem!

* Dividi o post em duas partes, para não ficar tão extenso

Trouxe algumas fotos que fiz lá, e dicas de lugares para conhecerem! Vamos lá!

2017-07-23 14_Fotor
No centro da cidade há um calçadão, que reúne diversos restaurantes, bares, lojas, galerias e muito mais.
flores
A cidade contém uma grande quantidade de flores, lindas!
DSCN3056_Fotor
(foco amigo)

Museu Felícia Leirner

É uma área preservada de Mata Atlântica que contém o Museu Felícia Leirner e o Auditório Cláudio Santoro, onde assisti a um concerto de uma orquestra sensacional. Vale a pena conhecer!

DSCN3061_Fotor

DSCN3067_Fotor

DSCN3072_Fotor

DSCN3080_Fotor

DSCN3091_Fotor

Tarundu

Um parque sensacional! Reúne diversas atividades, como passeio a cavalo, patinação no gelo, tirolesa, passeio de mini buggy e volta de balão! * um ponto muito importante a se destacar, para você já ir preparado, é o preço. Saiba que os brinquedos não são muito baratos, especialmente em temporada! Então pense bem em qual vai querer ir e se vai valer a pena para você.

A paisagem e a gastronomia do parque é incrível! Vale a pena conhecer!

DSCN3128_Fotor

DSCN3154_Fotor
A modelo clássica das minhas fotos

DSCN3142_Fotor

DSCN3159_Fotor

DSCN3162_Fotor

DSCN3173_Fotor

Amantikir

Um parque composto por diversos jardins, de inúmeros pontos do mundo. Com certeza um lugar que irá te trazer muita paz e tranquilidade. Um dos lugares mais lindos que já visitei e com vistas que podem proporcionar fotos maravilhosas. Recomendo muito!

DSCN3204_Fotor

DSCN3215_Fotor
Essa foi tirada dentro do labirinto do parque (que por acaso conseguimos sair de primeira).

DSCN3184_Fotor

DSCN3267_Fotor
Esse banco dava pra uma vista linda.
DSCN3181_Fotor
Com certeza uma das melhores vistas do parque.

DSCN3180_Fotor

DSCN3299_Fotor

DSCN3167_Fotor

DSCN3175_Fotor

DSCN3219_Fotor

DSCN3280_Fotor

DSCN3330

Espero que tenham gostado! Até a segunda parte!

Maria.

Fotos : Inverno

Estamos na estação do ano mais aconchegante, rústica e a minha preferida. O inverno é rico de elegância, aproxima mais as pessoas e produz paisagens estonteantes. Como vocês sabem, amo fotografia e sempre procuro estar registrando de tudo.

No post de hoje trouxe algumas de minhas fotos feitas no inverno. Vamos lá!

DSCN1534_Fotor

DSCN1543_Fotor

DSCN1608_Fotor

DSCN1613_Fotor

DSCN1647_Fotor

DSCN1618_Fotor

DSCN1896_Fotor

DSCN1780

DSCN1703_Fotor

DSCN1745_Fotor

DSCN1221_Fotor

DSCN1219_Fotor

DSCN1807_Fotor

DSCN1852_Fotor

*todas as fotos são de minha autoria
Bom inverno pra todos nós! Espero que tenham gostado e até o próximo post!

Beijos!

Maria.

Canais do YouTube para sua fotografia

StockSnap_ZI9YW86PSR.jpg

Oi! Tudo bem?

O YouTube nos tempos atuais vem reinando na questão de entretenimento, a era dos YouTubers está no seu auge e a produção constante de conteúdo é gigante.

Na questão da fotografia, o Youtube me auxilia muito também! Existem canais incríveis que possuem dicas muito bacanas, tutoriais e depoimentos de fotógrafos. No post de hoje, trouxe esses canais pra vocês.

Literalmente, para fotógrafos de todos os níveis. Dicas mais avançadas e dicas mais básicas, como tutoriais de como mexer no Photoshop. Muito bom!


Um canal com dicas muito úteis, só que mais avançadas e mais técnicas. Eles são polêmicos , mas são muito bons!


Os vídeos parecem vídeo aulas e tem um aspecto meio didático, muito legal! Também possui dicas mais básicas e as mais avançadas.


Os vídeos parecem ser vlogs e ele parece estar conversando pessoalmente com você, muito bom!


Vídeos bem dinâmicos, dicas que todos precisam saber, ótimo!


Enfim, esses são os que eu mais acompanho e mais me ajudam! Espero que tenham gostado! Até o próximo post.

Maria.

Tag : Apaixonada por fotografia

Como o assunto principal aqui do blog é fotografia, no post de hoje, decidi trazer algo diferente e divertido de fazer. A Tag: Apaixonada por Fotografia. Vamos lá!

StockSnap_SHCRVOAB5V.jpg

Perguntas:

1 – Com quantos anos você teve sua primeira câmera fotográfica?

Minha primeira câmera foi uma da barbie, que ganhei com uns 6 anos de idade, mas usava essa só pra brincar e acabei nem revelando as fotos do filme. Mas quando fiz uns 11 anos, comprei uma compacta da Samsung, usava-a para fazer fotos pro blog e festas de família.

2 – Prefere fotografar ou ser fotografada?

Fotografar, sem dúvidas. Muitas vezes, quando sou fotografada, fico intimidada pela câmera e as fotos não saem muito boas. Mas, quando faço fotos minhas sozinha, aí sim eu gosto. Vai entender. Mas respondendo a pergunta, prefiro fotografar.

3 – Você tem uma boa câmera para fotografar?

Não a melhor das melhores, mas por enquanto estou satisfeita com ela. Tenho uma Nikon Coolpix P610 a algumas vezes uso um Iphone 5, mas bem raramente.

4 – Você fotografa e publica suas fotos?

Sim. A maioria delas vai para o Instagram, algumas pro Facebook e pro blog.

5 – Tumblr, We heart it, ou Instagram?

Com certeza Instagram!

6 – Cite uma pessoa que você se inspira para tirar suas fotos.

Me inspiro em diversas pessoas para fotografar, mas a que eu mais inspiro sem sombras de dúvidas é o Henri Cartier Bresson.

7 – Você edita suas fotos ou prefere que elas fiquem no modo original?

Sim! Sempre acabo mexendo em alguns ajustes, contraste, saturação, temperatura, etc.

8 – Qual seu programa predileto para editar fotos?

No computador uso o Photoshop e o Fotor, e no celular uso as próprias ferramentas do Instagram.

9 – Sonha em ser fotógrafa ou faz isso como um hobbie?

Atualmente considero como um hobbie, pois nunca fiz um trabalho remunerado envolvido com fotografia. Mas com certeza sonho em trabalhar como fotógrafa, e irei me especializar na área durante a faculdade.

10 – Já fez algum tipo de curso de fotografia?

Não! Tudo o que aprendi foi pela internet e na prática mesmo.

11 – Qual a última foto que você tirou?

DSCN2115.JPG

12 – Qual a última vez que você foi fotografada por alguém?

O “alguém” no caso sou eu mesmo 😉

DSCN2205_Fotor.jpg

13 – Você é daquelas que quer sempre registar os momentos e o que está ao seu redor, e sai sempre com uma câmera nas mãos?

Depende muito da situação. Se for em uma viagem, eu saio definitivamente todos os dias com a câmera na mão.

14 – Mostre uma foto sua (ou que você tenha tirado) que você goste muito.

DSCN0591_Fotor.jpg
Em um restaurante em Gramado, RS

DSCN0164.JPG

DSCN0629.JPG

Se quiserem ver mais fotos minhas, aqui está meu Instagram.

Espero que tenham gostado! Gostei muito de fazer a tag!

Até o próximo post pessoal!

Ma.

Algumas fotos que quase me definem

DSCN1183_Fotor

Me definir? Um desafio, com palavras. Mas acho que com fotos fica mais fácil. Como ainda estamos no começo, achei legal eu tentar mostrar como sou pra vocês. No post de hoje trouxe um compilado de fotos que expressam os meus interesses, meus gostos, meus pensamentos. Vamos lá!Collage_Fotor

Collage
A música sempre esteve presente na minha vida, desde muito pequena eu toco piano, já fazem 10 anos. Ah! E um dos meus maiores sonhos é ter uma coleção gigantescas de LP’s

 

Collage_Fotor
Sou uma pessoa TOTALMENTE urbana, amo a agitação da cidade. E pra mim, chuva é a mesma coisa que vida, o clima chuvoso me faz muito bem.
Collage_Fotor
Eu amo viajar. Mas meu tipo preferido de viagem é aquela que você vai parando e conhecendo cada ponto especial. Ah! Sou apaixonada por Kombes.
Collage_Fotor
“Indie” não é considerado um gênero musical. Mas sim a música alternativa. Esses são alguns dos meus artistas preferidos, uns mais conhecidos que outros, mas todos incríveis.
Collage_Fotor
Tenho uma paixão inexplicável por coisas antigas. Principalmente os anos 20,80 e 90. As roupas, as músicas, os costumes.

Acho que esse foi um bom post que quase me definiu. Temos muito tempo pra nos conhecermos melhor! Espero que tenham gostado! Até o próximo post.

Ma.

Além das fotos – Chile

Oi! Tudo bem?

Uma das coisas que
mais me dá prazer, além de tirar fotos e ouvir música, é viajar. Quem não gosta? Você conhece uma cultura nova, costumes totalmente diferentes e lugares lindos do melhor jeito possível!

Recentemente, fiz uma viagem incrível ao Chile. Conheci um país lindo em 11 dias, mas só um pouco do que ele podia oferecer. Registrei tudo através das fotos, e trouxe pra vocês. Vamos lá!

Continuar lendo

Meu começo com a fotografia.

Oi! Tudo bem?

DSCN0425

 

Eu já havia dito no post passado que a fotografia é algo que faz parte da minha rotina, mas não expliquei como tudo começou. Portanto, estou aqui para contar pra vocês, quando foi e como foi meu primeiro clique.

Minha primeira câmera foi uma rosa da Barbie, sim você já teve ela. Ela vinha com uma bolsinha e com uns filtros pra você colocar na lente, achava aquilo sensacional, levava pra tudo que era canto. Isso na infância.

Depois de um tempo, comecei a fotografar com o celular, além das selfies, passei a observar mais o que estava ao meu redor, e percebi que tinha que ser registrado. Iniciei do jeito clássico, fotos de flores, do por-do-sol, de jardins, porque era o que a câmera do meu celular podia fazer. Ela não tinha um super foco, muito menos um super zoom, então a foto era bem crua mesmo.

Quando me dei conta que estava realmente apaixonada por fotografar, fiz do meu aniversário  daquele ano uma meta. Uma câmera. Sim, pedi uma compacta da Samsung de aniversário. Já me sentia a verdadeira fotógrafa. O zoom dela era muito bom e ao invés de usar o celular, passei a utilizar uma câmera de verdade daquela vez, estava feliz.

O Instagram. Passei a enxergar o aplicativo de outra forma, inspiração! Era o lugar perfeito! Reunia infinitos tipos de fotos, de todos os lugares , de muitas pessoas, de várias câmeras. Era um paraíso pra mim, e digo até hoje que muito do que eu fotografo e do jeito que eu fotografo hoje meio que “aprendi” com o Instagram. Atualmente uso-o 24 horas por dia.

Depois da compacta e o seu super zoom, veio a câmera do meu avô. Meu avô percebeu que eu não parava quieta, mas era por que queria tirar foto de tudo. Na época ele tinha acabado de comprar uma Nikon, Coolpix P600 e disse a mim que eu poderia usá-la, para tirar fotos da família e em viagens. Até hoje lembro do abraço que dei nele. As minhas primeiras fotos vieram de lá. Quando meu avô via as minhas fotos, ele queria mostrar pra todo mundo, era da sua neta da sua câmera. A câmera que uso atualmente ganhei do meu avô. Sim, devo tudo a ele.

A fotografia na minha vida foi dividida em fases. Mas todas eu tinha a mesma sensação que tenho hoje, imensidão. Quando eu tiro uma boa foto, ela fica eternizada, não na câmera, em mim. Amo fotografia  pelo fato que com apenas um clique você guarda um momento pra sempre, do melhor jeito possível, através do que você viu, do que você sentiu. Ainda estou no início do início, sei que vou passar por muita coisa ainda na fotografia, mas pelo o que já passei, chego a conclusão que é algo que você não consegue abandonar.

Espero que minhas fotos aqui transmitam o melhor! Até o próximo post.

Ma.